Os desafios da educação e as novas tecnologias

Como as escolas estão se adaptando às necessidades geradas pela Era Digital?

 

A primeira instituição visitada foi a Escola Sebastião Paraná (ESP) localizada no bairro Hauer em Curitiba. Escola particular fundada em 1967. (Crédito: ESP )

 

Falar de educação vai além das quatros paredes de uma sala de aula. Hoje em dia, a tecnologia está presente em praticamente todas as instituições de ensino. Internet, aplicativos, softwares educacionais, etc. fazem parte do processo ensino-aprendizagem desde as séries iniciais até o ambiente acadêmico.

 

Para saber mais sobre o assunto a equipe da EntreVerbos esteve em duas escolas, uma particular e outra pública, ambas com laboratórios de informática, com o intuito de ver in loco essa realidade.

 

A segunda instituição foi a Escola Estadual José Busnardo, localizada no bairro Fanny  e inaugurada em 1958. (Crédito:  SEED-Pr )

 

As duas escolas possuem laboratório de informática, internet e acesso wi-fi para os alunos. Porém, a escola particular limita esse acesso no sentido de disciplinar o uso direcionado ao ensino. Já na escola pública o acesso é livre, contudo, chega somente em alguns setores do prédio.

 

Segundo a pedagoga do Colégio José Busnardo, Luciane Alves Osadczuk,  o laboratório de informática é utilizado à medida que os professores solicitam. É possível fazer uso também no contra turno, mas, nesse caso, somente sob orientação de um responsável, o que nem sempre é possível.

 

 

 (Crédito: Wiliam Lenerneier)

 

Já a Escola Sebastião Paraná (ESP) trabalha os conteúdos nas disciplinas em paralelo ao uso do laboratório da escola. Segundo a diretora desta escola,  Jorgele Dibax Ricardo. o projeto pedagógico contempla a inserção digital em seu planejamento anual:

 

 (Crédito: Wiliam Lenerneier)

 

 

Semelhanças e diferenças

 

Ao visitar a duas escolas percebe-se que ambos os laboratórios estão em boas condições. Computadores em redes, espaços físicos adequados, acesso à internet,etc. O diferencial basicamente está na disponibilização de banda larga e wi-fi aos alunos.

 

Uma das reivindicações da escola pública é a falta de profissionais designados a trabalhar diretamente nos laboratórios. Afinal, sem o suporte de um profissional específico fica muito sobrecarregado aos professores utilizarem estas ferramentas. Confira imagens da infraestrutura das escolas visitadas:

 

 

                        Laboratório de informática da Escola Estadual José Busnardo. (Crédito: Wiliam Lenerneier)

 

                                     Laboratório de informática da Escola Sebastião Paraná (Crédito: Wiliam Lenerneier)

 

 

No Brasil

 

Segundo um levantamento feito pelo instituto Ayrton Senna o percentual de escolas que possuem laboratórios de informática é maior na rede pública do que na rede privada. Entretanto, quando se trata de acesso a banda larga a realidade se inverte. Veja o gráfico:        

                                                                                                   Fonte: Censo Escolar/Instituto Ayrton Senna

                                               

                                                                                 

 

Please reload

Drone: o “zangão” moderno e seus múltiplos benefícios

09.12.2019

Pibid: programa educacional valoriza a formação de docentes

02.12.2019

Escola de Karatê em São Miguel do Iguaçu nasce na persistência e dedicação

25.11.2019

1/3
Please reload

  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon

Siga a Entreverbos

Revista online produzida pelos alunos do curso de Jornalismo

Centro Universitário Internacional| UNINTER |

Rua Saldanha Marinho, 131 – Centro | Curitiba-PR |

revistaentreverbos@gmail.com

 Site projetado por Agência Experimental Grafita
Colaboração de layout por Guilherme Dias
Siga a EntreVerbos
  • fb icon 2
  • yt icon 2
Revista digital produzida pelos alunos do curso de Jornalismo