De volta às quadras

O time Curitiba Vôlei representa o retorno da capital à série A da Superliga 

Time conquistou a vaga para a série da A da Superliga após vencer o São José dos Pinhais. (Crédito: Mariana Becker)

 

Há mais de 15 anos Curitiba não conta com uma equipe feminina na Superliga, a principal competição de vôlei no país. O esporte tinha uma torcida assídua na cidade, que frequentava o Ginásio do Tarumã para ver os jogos das meninas do Rexona. O time era comandado pelo técnico Bernardinho e reunia em seu elenco jogadoras como Fernanda Venturini, Érica, Fofão e Valeskinha. Em agosto de 2016, a cidade iniciou seu retorno à rota do vôlei feminino nacional com o nascimento do Curitiba Vôlei

 

No começo deste ano o time conquistou a vaga para a série da A da Superliga após vencer o São José dos Pinhais (PR) na semifinal da competição de acesso, colocando a capital paranaense na elite do vôlei, após mais de uma década de ausência. No mês seguinte, a equipe sagrou-se campeão da Superliga B. A reportagem da Entreverbos  conversou com o campeão olímpico e padrinho da equipe, Giba, que falou sobre a trajetória e os objetivos da equipe.  O time também tem o apoio da coordenadora Gisele Miró, ex-tenista, que como Giba, é Natural de Curitiba. 

 

Dentro de quadra o time conta com a liderança da jogadora Valeskinha, que tem ampla experiência e foi campeã olímpica com a seleção Brasileira em Pequim (2008). Ela também fez parte do time Rexona que foi bicampeão da Superliga, em 1999/2000, quando ainda era sediado em Curitiba. A meio de rede relata que sua experiência na cidade foi de vitórias

 

O elenco também tem com pratas da casa. Mariana Galon teve sua formação na modalidade na capital paranaense, mas precisou sair do lugar onde cresceu para se profissionalizar, já que a cidade não lhe dava essa opção. “Eu sempre sonhei em jogar uma Superliga em casa, pois é uma oportunidade única estar perto da família e ainda ter um time de alto nível para jogar”, conta. 

 

Segundo a coordenadora, Gisele Miró, o objetivo da equipe é chegar aos play offs e conseguir a manutenção na série A da Superliga, o que ela considera ser um desafio. “Vamos ter muito trabalho para tentarmos manter [a posição da série A] nesse ano e aos poucos irmos adquirindo nosso espaço", relata. A estreia está prevista, segundo a tabela provisória da competição, para o dia 16 de novembro, no Rio de Janeiro, contra o Sesc-RJ. Em casa, serão 11 jogos, nos quais a equipe poderá contar com a torcida a seu favor.

 

O campeão olímpico Giba é padrinho da equipe feminina. (Crédito: Mariana Becker)

 

Heranças do esporte

 

Logo no seu primeiro ano, durante a temporada de 1997/1998, a equipe levou o título na Superliga, repetindo a dose dois anos depois, na temporada 1999/2000. O time teve sede na capital paranaense durante seis anos e depois foi transferido para o Rio de Janeiro.

 

Além do time profissional, havia também o projeto social chamado Centro Rexona de Excelência do Voleibol, que atraiu em sua primeira peneira mais de 3 mil crianças em busca de uma oportunidade de aprender o esporte. Nessa etapa, 608 crianças, majoritariamente de baixa renda, foram escolhidas para praticarem a modalidade. Karina Sanaglio, estudante de Jornalismo, fez uma pesquisa para seu trabalho de conclusão de curso sobre o vôlei na cidade e a importância social para estas crianças.

 

Mesmo com a saída do time adulto da cidade, o incentivo ao projeto social continuou, tornando-se, em 2003, o Instituto Compartilhar. Hoje, 20 anos depois, o projeto já atendeu mais de 22 mil crianças, segundo relatório de 2017 fornecido pela instituição. 

 

Please reload

Jovens LGBT enfrentam preconceito dentro de casa

18.11.2019

Ser bilíngue significa expandir os horizontes

11.11.2019

Terror destaca cinema nacional

04.11.2019

1/3
Please reload

  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon

Siga a Entreverbos

Revista online produzida pelos alunos do curso de Jornalismo

Centro Universitário Internacional| UNINTER |

Rua Saldanha Marinho, 131 – Centro | Curitiba-PR |

revistaentreverbos@gmail.com

 Site projetado por Agência Experimental Grafita
Colaboração de layout por Guilherme Dias
Siga a EntreVerbos
  • fb icon 2
  • yt icon 2
Revista digital produzida pelos alunos do curso de Jornalismo