• Cristiane Ermínia Inácio

Conheça o Judô Cidadão: de um sonho à realidade das aulas

Há cinco anos, a vida de crianças e adolescentes foi transformada por meio da arte marcial


Mais do que praticar as atividades físicas com agilidade e coordenação, o judô desperta equilíbrio e cuidado com a saúde. Foto: Cristiane Inácio


Em Santa Catarina, na cidade de Navegantes, o projeto social Judô Cidadão, que iniciou em 2018, hoje, tem lista de espera. O idealizador do projeto e também morador do bairro de São Paulo, sensei José Teixeira, 47 anos, recebe crianças e adolescentes vulneráveis com o objetivo inclusivo de oferecer apoio físico e moral por meio deste esporte olímpico.


O projeto totalmente voluntário atende cerca de 120 meninos e meninas, com idade entre quatro e 18 anos, em um espaço cedido pela Igreja Quadrangular do bairro. As aulas acontecem todas as segundas e quartas-feiras, das 19h às 21h30. Conta com o apoio de pais e responsáveis, que se reúnem para acompanhar os judocas. Este envolvimento engaja as famílias e a comunidade local.


Para o sensei José, o esporte tem um significativo valor social e educacional. “O judô é uma arte marcial com vários aprendizados. A partir da prática, é possível moldar as nossas crianças e jovens a fim de obterem disciplina, educação, respeito, honestidade e companheirismo entre os colegas para a formação de um futuro cada vez melhor aqui no bairro”, destaca.


"O judô proporciona respeito ao próximo, às crianças e aos adolescentes. Muda vidas.”, diz o sensei José.

Assim como o takaendo, o karatê ou outra modalidade de defesa pessoal trazem inúmeras conquistas, historicamente, o “caminho suave” do “ju” (suave) e “dô” (caminho) contribui à cidadania, à qualidade de vida e melhoria da saúde em geral, já que estes esportes fortalecem o corpo físico e mental de forma integrada.

Priscila Cristina Emmerenciano, 27 anos, empreendedora e mãe de quatro filhos que são alunos do projeto Judô Cidadão, conta que um dos seus pequenos tem asma e faz uso contínuo de medicamentos. “Mas depois que começou o esporte, perdeu peso e diminuiu de quatro para dois remédios. Hoje, tem uma saúde bem melhor graças ao projeto”, relata a mãe.


Confira o Infográfico:


Foto: Cristiane Inácio


ODS e Sustentabilidade


Em fevereiro de 2022, o projeto Judô Cidadão foi certificado pelo Instituto Selo Social em parceria com a Prefeitura Municipal de Navegantes pela contribuição ao atingimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Por meio das aulas, o projeto promove ações voltadas à saúde e bem-estar, à educação de qualidade e à igualdade de gênero.


Seja com chuva e frio, o tatame sempre está cheio de judocas, e os treinos se mantêm.

Foto: Cristiane Inácio


Para o sensei José, este reconhecimento afirma a sua escolha de um dia ter sido um sonho, e ver, hoje em dia, o esporte sendo praticado. "O judô proporciona respeito ao próximo, às crianças e aos adolescentes. Muda vidas. E eu sou agente de transformação no meu bairro, na minha cidade".